Feliz Natal (minha carta para você)

Feliz Natal!

Dia 25 chegou. Aquele dia que a gente já se programa pra engordar pelo menos uns 5 kgs. Valha-me Deus. Junta a família inteira. Vem a mãe, o pai, os tios, os avós, os primos, os agregados. Quando não é a pobre mãe pra fazer toda a ceia, rola uma divisão de comidas e sobremesas. Somos 15, mas a comida é pra um batalhão. Tem bacalhoada, tem pernil, tem peru, tem chester. E de sobremesa? Pudim, manjar, tem pavê? Óbvio que tem, afinal ele que reforça a piadinha dos tios todo ano.

E o namoradinho? Quando pretendem se casar?  Vão ter filhos ano que vem? Passou de ano? Conseguiu a vaga na faculdade? Passou no teste da auto-escola? O dia que você ouve as mesmas perguntas todos os anos. As gerações mudam, os anos passam, mas as perguntas permanecem ali. Não se preocupe, um dia você será a tia que pergunta dos namoradinhos.

Aquela confusão, todos falam alto. Babado, confusão e gritaria. Aquela louca família, que você não pediu, mas não abre mão de ter. Esse não é o meu caso. Meu Natal é diferente. Somos apenas quatro: eu, mamãe, papai e Yuri (meu irmão). Antigamente tinha vovó e vovô. Mas faz alguns anos que só tem vovô. Somos poucos, mas a confusão ainda é grande. E a comida não é pra cinco, é pra quinze pessoas. Só de sobremesa tem quatro tipos. Cada um gosta de uma coisa. Não tem música alta, ninguém fica até altas horas acordado, não tem beber até cair nem barraco de família, mas ainda nessa louca calmaria, tem o mesmo amor. O mesmo Natal, o seu Natal, o nosso Natal.

Que a sua e todas as famílias, pequenas ou grandes, possam desfrutar de um mágico Natal em 2017. Que as brigas sejam amenizadas, que as lembranças boas sejam recordadas, que as inimizades sejam esquecidas. E que o propósito do Natal permaneça. Não sou religiosa fervorosa, nem de freqüentar missas (hoje minha mãe ficou bolada porque eu não queria ir), mas acredito que pra acreditar em Jesus, a gente acredita de todo lugar. Ela rezando lá, e eu rezando aqui na cama. Que o amor do Papai do céu paire sobre o seu coração e seu fim de ano seja repleto de luz. Viva o Natal. Viva ao nascimento do menino Jesus.

Um grande beijo,

Com muito amor.

Ingrid Logatto

Deixe seu comentário.

comentários

2 Replies to “Feliz Natal (minha carta para você)”

  1. Feliz Natal Ingrid, tudo de bom! Feliz Nascimento de Jesus! <3

  2. […] notaram que fiquei ruivíssima (no momento já estou até desbotando)  desde o fim de 2017. Escolhi a cor Marsala para começar 2018 e fiquei apaixonada. Vim contar como cheguei nesse […]

Me conta o que achou!