Disney Orlando: Planejamento de Viagem.

Vamos para Disney Orlando?

Viajar para Disney, em Orlando, sempre me pareceu algo muito distante do que seria possível para mim. Da minha realidade. Moro no subúrbio do Rio e tenho uma vida normal de quem rala bastante pra trabalhar e andar de transporte público todo dia. Talvez esse seja o seu caso também. É por isso que eu estou aqui para te mostrar que é possível pra mim e para você também!

Semana que vem vou realizar um sonho! Vou pra Orlando: Disney, Universal e Bush Garden.  Então não poderia deixar de vir aqui no blog compartilhar todos os mínimos detalhes com vocês. Tenho que agradecer especialmente ao meu namorado que fez dessa viagem possível e pensou nos mínimos detalhes. Confesso que a programação  ficou por conta dele. E eu fiquei super feliz com o resultado do planejamento.

Vamos começar:

  • Passagens Rio De Janeiro – Orlando 

A data que tínhamos não ajudou muito, e pra piorar eu quase esqueci que tinha a minha Colação de Grau da faculdade dia 25 de fevereiro! Inicialmente chegaríamos dia 11 lá, e retornaríamos dia 26. Após eu lembrar desse “pequeno grande” compromisso, não teve jeito senão voltar dia 22 a noite. Comprar passagem com 1 mês de antecedência não é a melhor opção, se puder comprar antes, compre.

A melhor época geralmente para comprar flutua entre 3, 4 meses antes da data de embarque. E detalhe, dias depois de termos comprado, apareceu uma mega promoção para Orlando (vou deixar aqui embaixo o print da divulgação). No final das contas, compramos as passagens pela American Airlines pelo valor de R$1700,00 ida e volta. Não foi o melhor dos mundo, mas foi bom!

promoção-passagem-orlando
Isso é de partir meu coração mas eu não consegui HAHAHA. #atenta
  • Hospedagem em Orlando ( International Drive North)

Fechamos o hotel semana passada (pois é haha). Inicialmente ficou aquela dúvida entre hotel e airbnb, mas pelo número de dias (11), e sendo duas pessoas, o hotel acabou sendo mais vantagem financeiramente (até porque tem microondas no quarto). Se você for em grupo, sem dúvidas, alugar uma casa pelo airbnb seria melhor. Primeiro pelo conforto e espaço, segundo por segurança (infelizmente ocorrem roubos dentro dos hotéis por saberem que turistas compram muito), e terceiro economia com comida (café da manhã e lanche da noite ou jantar com melhor custo benefício após passar no famoso Walmart).

Vale lembrar que café da manhã incluso no preço do hotel é cultura brasileira. Alguns até tem, mas a maioria no exterior não (palavras do meu namorado viajado com 37 países – até o momento – na bagagem). Por fim, escolhemos hotel indicado por um casal de amigos: o Monumental Movieland Orlando. A estadia ficou por $630 (não fizemos a conversão porque só pagaremos lá). Por sinal, estamos indo em tempos de feriado: o President’s Day (excelente para compras! Depois da Black Friday). Então boa parte da malha hoteleira já estava ocupada na região.

Nós reservamos pelo Booking.com, use esse link https://booki.ng/2ooTZzP e ganhe R$ 50,00 de desconto na sua reserva! Ou se preferir o AirBNB, tem desconto de R$ 130,00 na sua reserva por esse link http://bit.ly/airbnbei

  • Os  Parques

O foco da viagem são eles! Vamos nos 4 parques principais da Disney: Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios e Animal Kingdom. Os 3 parques da Universal: Universal Studios, Universal Island Adventure e o Volcano Bay (este último é um parque aquático). E por fim vamos ao Bush Garden, em Tampa, que faz parte do Sea World. No geral as pessoas  compram os ingressos direto no site dos parques, porém o valor por lá pode ser maior. No site da Disney, os dois tipos de ingressos (o nosso é o primeiro mas não comprado no site da Disney):

ingressos-site-disney

Além disso você ainda tem custo com taxas e IOF por se tratar de uma compra internacional. Então qual a solução? Buscar sites de agências que vendam os ingressos direto na moeda local. Além de mais barato, é possível pagar em até 10X sem juros e sem taxa ou IOF, pois a compra é na sua própria moeda. No nosso caso, após pesquisar muito, decidimos pela Virazom. Foi bem mais em conta e o valor a vista, para quem puder, melhora ainda mais.
Pagamos:

ingressos-disney-virazom

  Só fazer o comparativo nos outros sites oficiais =)

  • Roteiro

Se você acha que Disney é só chegar, engana-se. Tem muitos macetes que podem garantir uma experiência maravilhosa. O parque é gigante e super lotado. Até em baixa temporada as filas são grandes. Imagina ficar 4h numa fila? Pois é! Eu odeio esperar haha e para não dar nenhum problema, eu e Alvaro estamos contando com a super ajuda da Zip A Disney Day! As meninas fazem um levantamento de tudo que a gente quer visitar por prioridade, tanto dentro quanto fora do parque, e a partir daí, montam um roteiro completíssimo, com dias, horários, endereços, dicas e ainda reservam os fast-pass da Disney. Qualquer dúvida também elas ficam super disponíveis para tirar. Além das parte de roteiros elas também podem ver sobre hospedagem e ingressos (bom que é tudo num lugar só né)! Então já sabe, pra ser um sonho inesquecível #vácomazipa.

  • Seguro  Viagem (seguro morreu de velho, né?) 

Não é obrigatório contratar, porém é a velha questão de Murphy. Se der merda por qualquer motivo, tu tem 30 mil dólares (por baixo, e isso equivale a quase 120 mil reais) pra pagar de hospital? Se tiver e quiser arriscar, beleza. Mas eu preferi não abusar da sorte. Contratei um básico que cobre 30 mil de despesas hospitalares, e ainda inclui ressarcimento de extravio de mala. Esse site AQUI funciona como um buscador de seguros. Você pode olhar todos e escolher o q melhor se adapta a você e principalmente ao seu bolso. O meu foi o da Assist Card e paguei R$ 136,00.

  • Aluguel de Carro

Depender de uber pode ser mais caro se você quiser sair muito. Eu não pretendo ficar no hotel se não for pra dormir. Então escolhemos o aluguel do carro pela Rentalscar, da Alamo. Do dia 11 ao dia 22 ficou por R$ 1.683,00. Na volta a gente conta se valeu a pena e se o serviço era bom.

  • Câmbio 

Na internet existe um site melhorcambio.com que te mostra a melhor cotação e qual empresa tem as melhores condições de pagamento. Comprar em dinheiro vai ser sempre mais vantajoso do que no cartão. Mas é possível comprar de ambas as formas. Sobre o quanto levar, depende do quanto você quer gastar. Se vai ostentar ou se vai no modo easy. Lembrando que esse dinheiro fica pra despesas como alimentação, besteirinhas, lembranças, estacionamento, gasolina, gorjetas e compras nos outlets da vida.

Então é isso queridos. Qualquer dúvida, podem deixar nos comentários que eu ou Alvaro iremos responder. E na volta daremos os respectivos feedbacks.

Acompanhem nossa viagem no YouTube ou ao vivo pelo Instagram.
Meu canal Ingrid Logatto
Canal do Alvaro Estruturando Ideias
@ingrid_logatto
@estruturandoideias

Abaixo o vídeo no canal sobre o Planejamento:

Deixe seu comentário.

comentários

Me conta o que achou!